Pontos Turísticos › PARQUE DO IBIRAPUERA em São Paulo

Previsto para ficar pronto no dia 25 de janeiro de 1954, no aniversário de 400 anos de fundação da cidade de São Paulo, o Parque do Ibirapuera só foi inaugurado no dia 21 de agosto do mesmo ano. O projeto teve a participação do renomado arquiteto Oscar Niemeyer em parceria com o famoso paisagista Roberto Burle Marx. Por ocasião da inauguração, a Comissão Executiva do IV Centenário era presidida pelo poeta Guilherme de Almeida.

Hoje quem passeia por lá pode escolher entre suas diversas atrações, a saber: o Museu de Arte Moderna (MAM), o Pavilhão da Bienal, a Oca, o Pavilhão Japonês, o Planetário e o Viveiro. Além disso, há várias áreas para atividade física, ciclovia, 13 quadras e playgrounds. E a entrada de cães é permitida.

O Pavilhão da Bienal é um espaço que sedia alguns dos acontecimentos mais importantes de São Paulo. O primeiro grande evento que abre o calendário anual da capital paulista acontece lá. É o São Paulo Fashion Week, que reúne os nomes mais quentes da atual moda brasileira e traz para a cidade uma verdadeira constelação de modelos. O SPFW acontece duas vezes por ano – em janeiro (moda inverno) e em julho (moda verão) – e está incluído no calendário oficial e mundial de moda. Também no espaço da Bienal alternam-se ano pós ano outros dois eventos de peso: nos anos pares, a Bienal de Artes, e nos ímpares, a de Arquitetura. Ainda no Pavilhão da Bienal acontecem as maiores feiras e congressos, como a Adventure Sports Fair, a maior feira de esportes e turismo da América Latina, que no ano de 2005 recebeu mais de 64 mil pessoas.

Já a Oca, cujo formato faz jus ao nome, é famosa pelas grandes exposições que sedia, como "Picasso na Oca", a maior retrospectiva já realizada sobre o pintor espanhol na América Latina, “Corpos Pintados” e “Dinos na Oca”, que conta com mais de 400 peças em 10 mil metros de exposição.

O Pavilhão Japonês é um espaço destinado a difusão da cultura do Japão e sua comunidade residente no Brasil. Abriga obras de arte, carpas coloridas e um imenso jardim japonês.

O Museu da Arte Moderna foi fundado em 1948 por Francisco Matarazzo. O MAM inscreve-se na história cultural da América Latina como um dos primeiros museus de arte moderna do continente. Sua missão é colecionar, estudar e difundir a arte moderna e contemporânea brasileira, tornando-a acessível ao maior número de pessoas possível. O acervo do museu possui cerca de 4.000 obras de arte contemporânea brasileira, entre elas, pinturas, esculturas, gravuras entre outras.

O Viveiro Manequinho Lopes consiste num local para lazer diferenciado aos visitantes do Parque. Anualmente, suas mudas e arbustos são utilizados pela administração pública em jardins e arborização de ruas e avenidas. Além de produzir e manter as mudas, executa serviços externos para jardins e canteiros da cidade de São Paulo. No viveiro, os visitantes podem encontrar Pau-brasil, Ipê, Tipuana entre outras espécies.

Atualmente, o Parque do Ibirapuera é o mais freqüentado de São Paulo e tem o maior número de atrações. Fica aberto diariamente das 5h da manhã até a meia-noite. Recebe cerca de 20 mil visitantes de segunda à sexta, aos sábados 70 mil e aos domingos, o público recorde é de 130 mil.

Serviço:
PARQUE DO IBIRAPUERA
Endreço: Av. Pedro Álvares Cabral – s/n – Vila Mariana – Zona Sul – São Paulo (Metrô Santa Cruz a cerca de 5Km)
Telefone: (11) 5574-5505
Site: www.prefeitura.sp.gov.br
Horário: das 5h as 00h

fonte: http://www.cidadedesaopaulo.com/eventos/acontece.asp?idnot=435

Previsto para ficar pronto no dia 25 de janeiro de 1954, no aniversário de 400 anos de fundação da cidade de São Paulo, o Parque do Ibirapuera só foi inaugurado no dia 21 de agosto do mesmo ano. O projeto teve a participação do renomado arquiteto Oscar Niemeyer em parceria com o famoso paisagista Roberto Burle Marx. Por ocasião da inauguração, a Comissão Executiva do IV Centenário era presidida pelo poeta Guilherme de Almeida.

Hoje quem passeia por lá pode escolher entre suas diversas atrações, a saber: o Museu de Arte Moderna (MAM), o Pavilhão da Bienal, a Oca, o Pavilhão Japonês, o Planetário e o Viveiro. Além disso, há várias áreas para atividade física, ciclovia, 13 quadras e playgrounds. E a entrada de cães é permitida.

O Pavilhão da Bienal é um espaço que sedia alguns dos acontecimentos mais importantes de São Paulo. O primeiro grande evento que abre o calendário anual da capital paulista acontece lá. É o São Paulo Fashion Week, que reúne os nomes mais quentes da atual moda brasileira e traz para a cidade uma verdadeira constelação de modelos. O SPFW acontece duas vezes por ano – em janeiro (moda inverno) e em julho (moda verão) – e está incluído no calendário oficial e mundial de moda. Também no espaço da Bienal alternam-se ano pós ano outros dois eventos de peso: nos anos pares, a Bienal de Artes, e nos ímpares, a de Arquitetura. Ainda no Pavilhão da Bienal acontecem as maiores feiras e congressos, como a Adventure Sports Fair, a maior feira de esportes e turismo da América Latina, que no ano de 2005 recebeu mais de 64 mil pessoas.

Já a Oca, cujo formato faz jus ao nome, é famosa pelas grandes exposições que sedia, como "Picasso na Oca", a maior retrospectiva já realizada sobre o pintor espanhol na América Latina, “Corpos Pintados” e “Dinos na Oca”, que conta com mais de 400 peças em 10 mil metros de exposição.

O Pavilhão Japonês é um espaço destinado a difusão da cultura do Japão e sua comunidade residente no Brasil. Abriga obras de arte, carpas coloridas e um imenso jardim japonês.

O Museu da Arte Moderna foi fundado em 1948 por Francisco Matarazzo. O MAM inscreve-se na história cultural da América Latina como um dos primeiros museus de arte moderna do continente. Sua missão é colecionar, estudar e difundir a arte moderna e contemporânea brasileira, tornando-a acessível ao maior número de pessoas possível. O acervo do museu possui cerca de 4.000 obras de arte contemporânea brasileira, entre elas, pinturas, esculturas, gravuras entre outras.

O Viveiro Manequinho Lopes consiste num local para lazer diferenciado aos visitantes do Parque. Anualmente, suas mudas e arbustos são utilizados pela administração pública em jardins e arborização de ruas e avenidas. Além de produzir e manter as mudas, executa serviços externos para jardins e canteiros da cidade de São Paulo. No viveiro, os visitantes podem encontrar Pau-brasil, Ipê, Tipuana entre outras espécies.

Atualmente, o Parque do Ibirapuera é o mais freqüentado de São Paulo e tem o maior número de atrações. Fica aberto diariamente das 5h da manhã até a meia-noite. Recebe cerca de 20 mil visitantes de segunda à sexta, aos sábados 70 mil e aos domingos, o público recorde é de 130 mil.

Serviço:
PARQUE DO IBIRAPUERA
Endreço: Av. Pedro Álvares Cabral – s/n – Vila Mariana – Zona Sul – São Paulo (Metrô Santa Cruz a cerca de 5Km)
Telefone: (11) 5574-5505
Site: www.prefeitura.sp.gov.br
Horário: das 5h as 00h


http://www.cidadedesaopaulo.com/eventos/acontece.asp?idnot=435

O em São Paulo é um guia informativo online que procura oferecer telefones, endereços e mapas de estabelecimentos.
O em São Paulo visa somente a reprodução dos dados obtidos por pesquisa e contrubuição dos usuários, sendo que seus idealizadores não se responsabilizam por qualquer informação de conteúdo errôneo e/ou inconsistente. Este é um site gerido pela Dozem Marketing Digital