Pontos Turísticos › Liberdade em São Paulo

14 de novembro de 2007 – Até o início do século passado era apenas um bairro como todos os outros que circundam a região do centro. A partir dos anos seguintes, tornou-se o reduto da maior colônia nipônica fora do Japão. A Liberdade é atualmente um dos principais pontos de visita daqueles que vêm à capital. Entretanto, a região já foi diferente.

A imigração dos japoneses para o Brasil começou em 1908, com a chegada do navio Kasatu Maru no porto de Santos. O início da caracterização da Liberdade como bairro tipicamente japonês se deu no ano de 1912, quando os primeiros imigrantes começaram a se fixar na Rua Conde de Sarzedas. Antes disso, aqueles que decidiam trocar a Ásia pelo Brasil se direcionavam principalmente para o interior do estado de São Paulo.

Com o passar do tempo, esses “desbravadores” foram se habituando ao local e as atividades comerciais à moda japonesa passaram a surgir ali. O resultado de décadas dessa influência é o que pode ser observado hoje: a Liberdade é um pedaço do Japão na maior metrópole da América do Sul. Calcula-se que cerca de 400 mil japoneses e descendentes morem hoje em São Paulo.

O turista mais atento pode perceber que imigrantes de outros países do oriente também são encontrados com freqüência na região. Mas a despeito disso, o bairro ainda concentra muito das manifestações culturais nipônicas. Muitos falam o idioma materno e várias fachadas são escritas com ideogramas japoneses.

Entre as diversas atrações do local, estão restaurantes e docerias típicos, lojas e livrarias com artigos daquele país. Outra particularidade que atraí os visitantes é a arquitetura peculiar do bairro, as tradicionais lanternas japonesas que enfeitam a maior parte das ruas da região e os grandes pórticos (tóri) situados na rua Galvão Bueno. Destaque também para o Templo Busshinji (tel.: 11 3208-4515), representante da comunidade zen-budista de tradição Soto Shu, que fica na rua São Joaquim e pode ser visitado. Semanalmente, às quartas e sábados, há meditação dirigida especialmente aos iniciantes. Para o passeio ser completo, o turista ainda deve conhecer a feira de artesanato, que acontece aos fins de semana na Praça da Liberdade, junto à saída da estação do Metrô de mesmo nome. O local também abriga eventos tradicionais como o Tanabata Matsuri (Festa das Estrelas), que acontece em julho.

Em 2008, a Liberdade vai oferecer ainda mais atrativos para os visitantes. A fim de comemorar o Centenário da Imigração Japonesa no Brasil, serão organizadas diversas festividades. Um museu, que contará com obras de artistas brasileiros e orientais, também será construído.

Texto: Lucas Borges


fonte: http://www.cidadedesaopaulo.com/eventos/acontece.asp?idnot=900

O em São Paulo é um guia informativo online que procura oferecer telefones, endereços e mapas de estabelecimentos.
O em São Paulo visa somente a reprodução dos dados obtidos por pesquisa e contrubuição dos usuários, sendo que seus idealizadores não se responsabilizam por qualquer informação de conteúdo errôneo e/ou inconsistente. Este é um site gerido pela Dozem Marketing Digital