Pontos Turísticos › Arquivo do Estado em São Paulo


23 de agosto de 2007 – É no bairro de Santana que estão armazenadas relíquias que contam a história paulista. O Arquivo do Estado é a instituição mais antiga de São Paulo. Lá é possível encontrar documentos ligados aos porões da ditadura militar que pertenciam ao extinto Departamento de Ordem Política Social (DEOPS) e impressos em papéis particulares de ex-governadores e ex-presidentes, como Júlio Prestes, Washington Luis e Ademar de Barros, além de fotos do Militão Azevedo, considerado um dos mais importantes fotógrafos brasileiros da segunda metade do século XIX, entre outras preciosidades.

Criado em 1721, a instituição tinha por objetivo inicial recolher, tratar e disponibilizar ao público todo o material de caráter histórico produzido pelo poder executivo. A partir de 1891, a instituição começou a armazenar também documentos procedentes tanto das secretarias de Estado, quanto do Poder Judiciário, além de cartórios e outros de natureza privada, o que enriquece o “estoque” e ajuda no resgate da memória paulista.

Com a idéia de desenvolver dezenas de projetos ligados à preservação e divulgação do seu acervo, além de contribuir para a formação de acadêmicos, a administração do Arquivo do Estado mantém convênios e parcerias com universidades, instituições de pesquisa, Ministério Público Estadual, Imprensa Oficial, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp), Processamento de Dados do Estado de São Paulo (Prodesp) e Associação de Arquivistas de São Paulo, o que garante uma preocupação em trazer informações importantes, curiosas e até mesmo, desconhecidas do público em geral.

Atualmente o Arquivo Público do Estado, um dos maiores arquivos do País, é uma das Coordenadorias da Secretaria Estadual de Cultura, com dois departamentos e quatro divisões. O edifício-sede é constituído de três prédios que abrigam o salão de atendimento, 14 depósitos para acervo, laboratórios, salas de trabalho, salas de aula, galeria de exposições, teatro com mais de cem lugares e palco externo. A biblioteca de apoio à pesquisa possui 39 mil volumes e o núcleo da Biblioteca Estadual tem mais de 25 mil livros. O Arquivo conta ainda com uma hemeroteca (acervo de jornais), uma mapoteca, acervo iconográfico com cerca de um milhão de imagens, milhares de rolos de microfilmes e aproximadamente 25 mil metros lineares de documentação textual.

Texto: Sávia Reis
Edição: Lílian Natal

Serviço:
ARQUIVO DO ESTADO
Rua Voluntários da Pátria, 596 – Santana – São Paulo (Metrô Tietê)
Telefone: (11) 6221-4785
Site: http://www.arquivoestado.sp.gov.br
E-mail: consulta@arquivoestado.sp.gov.br
Horário: De terça a sábado, das 9h às 17h.
Grátis.

fonte: http://www.cidadedesaopaulo.com/eventos/acontece.asp?idnot=840

O em São Paulo é um guia informativo online que procura oferecer telefones, endereços e mapas de estabelecimentos.
O em São Paulo visa somente a reprodução dos dados obtidos por pesquisa e contrubuição dos usuários, sendo que seus idealizadores não se responsabilizam por qualquer informação de conteúdo errôneo e/ou inconsistente. Este é um site gerido pela Dozem Marketing Digital